artigo recomendado


Lopez, Felix, & Almeida, Acir. (2017). Legisladores, captadores e assistencialistas: a representação política no nível local. Revista de Sociologia e Política, 25(62), 157-181.
O artigo analisa a representação política local, focando as percepções e práticas cotidianas dos vereadores. Em particular, analisam-se suas escolhas entre estratégias de representação clientelistas e universalistas. Utilizam-se dados originais de entrevistas abertas semiestruturadas com amostra não representativa de 112 vereadores de 12 municípios de Minas Gerais. Por meio de análise qualitativa, classificam-se os vereadores em três tipos, de acordo com sua principal estratégia de representação, a saber: “legislador”, que se dedica mais às funções formais da vereança; “captador”, que prioriza o atendimento de pedidos coletivos dos eleitores; “assistencialista”, que prioriza o atendimento de pedidos particulares. Os resultados sugerem que essas estratégias são qualitativamente distintas e que a probabilidade de ocorrência do tipo assistencialista é maior em municípios pequenos, crescente no acirramento da competição política e decrescente na volatilidade eleitoral.
__________________________________________________________________________________

9 de maio de 2008

C. Tilly, 'Mechanisms in Political Processes', 2000 article, PDF online

ABSTRACT
Ostensibly theoretical disputes in political science often involve competing approaches to explanation. Competing positions include skepticism, covering law arguments, reconstructions of propensities, system models, and explanations featuring causal mechanisms. Mechanism- and process-based accounts including cognitive, environmental, and relational effects deserve more attention than they have received in recent political science. Analyses of democratization illustrate these points.

Nenhum comentário: