artigo recomendado


Batista, Mariana. (2016). O Poder no Executivo: explicações no presidencialismo, parlamentarismo e presidencialismo de coalizão. Revista de Sociologia e Política, 24(57), 127-155.
Como a literatura vem analisando o Poder Executivo nos diferentes regimes políticos? A partir da diferença institucional básica entre presidencialismo e parlamentarismo pode-se identificar dois conjuntos de contribuições principais para o entendimento do funcionamento do Executivo em democracias: a literatura sobre a presidência americana e as discussões sobre os governos de coalizão no parlamentarismo europeu. O que os dois conjuntos de teorias têm em comum é a preocupação com a política intra-executivo. Esta literatura é analisada, identificando as principais questões, instituições, comportamentos e variáveis enfatizadas.
__________________________________________________________________________________

14 de janeiro de 2017

resenha: retratos da classe política brasileira (2)

[Deputado Heráclito Fortes
PSB/PI]




Bruno Fernando da Silva, Da seleção de candidatos ao recrutamento político no Brasil (1986-2014). Política & Sociedade, vol. 15, n. 32, 2016.



Resenha de CODATO, Adriano; COSTA, Luiz Domingos; MASSIMO, Lucas (Eds.). Retratos da classe política brasileira. Estudo de Ciência Política. Saarbrücken: Novas Edições Acadêmicas, 2015. 333 p.

Retratos da classe política brasileira é uma coletânea de artigos de Ciência Política que reúne trabalhos que contemplam desde a seleção de candidatos e as motivações para o ingresso na política até o recrutamento político e os determinantes do sucesso eleitoral. A obra, dividida em dez capítulos, fornece uma grande contribuição para o campo de estudo de elites políticas, enfatizando, sobretudo, a importância de variáveis políticas e sociais para compreender fenômenos políticos. Além disso, os trabalhos contidos no livro promovem um intenso debate com estudos nacionais e internacionais da área, trazendo importantes reflexões teóricas e metodológicas para se tentar compreender os processos em andamento na política nacional. O livro, portanto, partilha do mesmo interesse recente
demonstrado por pesquisas como de Rodrigues (2002 e 2006), Marenco dos Santos e Serna (2007), Perissinotto et al (2007), Braga (2008), Perissinotto e Miríade (2009), Coradini (2012), Marenco dos Santos (2013) e outros tantos. Para esses autores, a classe política brasileira é um fenômeno relevante a ser explicado e, para isso, deve-se investigar desde aspectos sociais de candidatos e eleitosaté a importância de variáveis demográficas, partidárias e ideológicas.

[continua...]

download
http://bit.ly/2jkpDgv
[pdf]


.

Nenhum comentário: