artigo recomendado


Sergio Simoni Junior, Rafael Moreira Dardaque, Lucas Malta Mingardi. A elite parlamentar brasileira de 1995 a 2010: até que ponto vai a popularização da classe política? Colombia Internacional, n. 87, p. 109-143, maio-ago. 2016 .
O objetivo deste artigo é debater a tese da popularização do perfil social dos parlamentares brasileiros buscando ressaltar que a literatura, ao ignorar a assimetria de poder institucional entre os legisladores, pode apresentar um viés no seu diagnóstico sobre as características da representação política no Brasil.
__________________________________________________________________________________

24 de novembro de 2011

intervenção estatal, centralização política e reforma burocrática

[President Vargas.
Hart Preston, 1940

Life] 




Intervenção estatal, centralização política e reforma burocrática: o significado dos Departamentos Administrativos no Estado Novo. Revista do Serviço Público, 2011. http://bit.ly/w8SmKt


Resumo
O objetivo deste artigo é expor e explicar um momento específico da evolução político-institucional brasileira. São explorados os conflitos que estão na origem da escolha e a implementação de uma nova ordem político-administrativa no pós-1930. São examinadas as origens, a concepção e os objetivos que guiaram a invenção de um aparelho burocrático que, juntamente com o Interventor Federal, não só controlou as elites políticas regionais, mas também contribuiu para a organização do poder do Estado em bases nacionais, cooperando para viabilizar a capacidade estatal: os Departamentos Administrativos. Analiso o contexto político, os antecedentes legais e as inovações institucionais do decreto-lei 1202/39 a fim de responder a duas questões bem específicas: por que e com que objetivo essa lei sobre a administração dos estados e dos municípios foi criada durante o Estado Novo.




State intervention, political centralization and bureaucratic reform: the meaning of the Administrative Departments in Estado NovoRevista do Serviço Público, 2011.

Abstract
The purpose of this paper is to expose and explain a precise moment of the Brazilian political-institutional evolution. It explores the conflicts that are at the origin of choice and implementation of a new politico-administrative system in post-1930. The paper explores the origins, design and objectives that drove the invention of a bureaucratic apparatus which, together with the Federal Interventor, not only controls the regional political elites, but also contributed to the organization of state power on a national basis, cooperating to facilitate state capacity: the Administrative Department. I analyze the political context, legal history and the institutional innovations of the Decree-Law 1202/39 in order  to answer two very specific questions: why and for what purpose this law on the administration of state and local government was created during the Estado Novo.


clique aqui para baixar o arquivo.
http://bit.ly/w8SmKt
.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olha, Dr.Codato quando eu trabalhei servindo bebidas num ponto de encontro de ateu, uma vez ouvi um babado que falava sobre controlar as manifestações operárias. Que quase todas as instituições do Brasil foram criadas na ditabranda Vargas. E criou-se uma burocracia que atuava em estados e municípios atraves do arrajo de Montesquieu que até hoje está moroso e cheio de corrupções.
Mas só foi esse babado mesmo que lembro porque eu acho que tinha só uns 12 anos e não dava para entender bem a conversa daqueles homens. So gostava de ouvir eles quando falavam dos poetas, ou seja, quando ficavam ébrios rsrsrs
Isso é uma pergunta muito chique não consigo focar e assimilar bem.
È coisa para seus alunos mesmo... porque eu gosto de babado que escuto por aí. Tenho trauma de sala de aula.
Abç, hermafroditinha