artigo recomendado


Batista, Mariana. (2016). O Poder no Executivo: explicações no presidencialismo, parlamentarismo e presidencialismo de coalizão. Revista de Sociologia e Política, 24(57), 127-155.
Como a literatura vem analisando o Poder Executivo nos diferentes regimes políticos? A partir da diferença institucional básica entre presidencialismo e parlamentarismo pode-se identificar dois conjuntos de contribuições principais para o entendimento do funcionamento do Executivo em democracias: a literatura sobre a presidência americana e as discussões sobre os governos de coalizão no parlamentarismo europeu. O que os dois conjuntos de teorias têm em comum é a preocupação com a política intra-executivo. Esta literatura é analisada, identificando as principais questões, instituições, comportamentos e variáveis enfatizadas.
__________________________________________________________________________________

4 de janeiro de 2010

papers produzidos pela oficina de pesquisa em sociologia histórica


[Buraco na Parede.
Barcelona, 1993.
Miguel Rio Branco.
Pirelli/MASP]

Em fins de 2008 iniciamos a oficina de pesquisa em sociologia histórica vinculada ao Núcleo de Pesquisa em Sociologia Política Brasileira da UFPR.

Ao longo do ano produzimos uma série de papers.

Nosso objetivo é a construção de uma plataforma de pesquisa para aplicação a objetos empíricos determinados com um viés comparativo e generalizante.

Abaixo, os links para os textos.

1a. sessão (27.nov.2008): Renato Perissinotto: Indução, comparação e compreensão nas ciências sociais

2a. sessão (18.dez.2008): Hugo Loss: síntese metodológica de Pierre Bourdieu: As regras da arte

3a. sessão (27.fev.2009): Fernando Leite: síntese metodológica de Barrington Moore Jr.: As origens sociais da ditadura e da democracia

4a. sessão (22.mai.2009): Pedro Leonardo Medeiros: síntese metodológica de Reinhard Bendix: Construção nacional e cidadania

5a. sessão (19 ago. 2009): Hugo Loss: síntese metodológica de Theda Skocpol: Estado e revoluções sociais

6a. sessão (30 set. 2009): Paulo Costa: síntese metodológica de Max Weber: A ética protestante e o espírito do capitalismo

7a. sessão (26 fev. 2009): Adriano Codato: síntese metodológica de Charles Tilly: Coerção, capital e Estados europeus [em breve]

8a. sessão (9 dez. 2009): Renato M. Perissinotto: síntese metodológica de Theda Skocpol: Vision and Method in Historical Sociology

9a. sessão (30 abr. 2010): Paulo Costa: síntese metodológica de Perry Anderson: Linhagens do Estado absolutista [em breve]
.

Nenhum comentário: