artigo recomendado


COSTA, Paulo Roberto Neves; COSTA, Luiz Domingos e NUNES, Wellington. Os senadores-empresários: recrutamento, carreira e partidos políticos dos empresários no Senado brasileiro (1986-2010). Revista Brasileira de Ciência Política [online]. 2014, n.14, pp. 227-253.
O trabalho analisa o recrutamento legislativo dos senadores que foram empresários antes do ingresso para a política durante democracia brasileira atual. O objetivo é examinar se, assim como estabelecido para a Câmara dos Deputados, esse tipo de político profissional se acomoda majoritariamente nos partidos à direita do espectro ideológico e se a soma da sua condição social com os partidos em que militam terminam por produzir rotas mais curtas de carreira política até o Senado. Para tanto, utiliza-se análise descritiva dos dados de ocupação, escolaridade e carreira política dos 240 senadores titulares eleitos entre 1986 e 2010. Os dados mostram que, ainda que posicionados nos partidos de direita e centro, os senadores que foram empresários não desfrutam de carreiras mais curtas, mostrando que o padrão de carreira política para esse cargo é diferente daquele observado para a Câmara baixa.
_____________________________________________________________________________________________________________________

25 de agosto de 2009

Marxismo e elitismo: dois modelos antagônicos de análise social?


[Auto worker. US, 1938.
William Vandivert. Life]

artigo a ser publicado na
Revista Brasileira de Ciências Sociais
.
Adriano Codato
Renato Perissinotto


Resumo
O artigo contrapõe-se às proposições sobre poder, classe e dominação política de classe elaboradas por uma vertente particular do marxismo - o marxismo estruturalista -, por meio de um diálogo crítico com um de seus autores paradigmáticos: Nicos Poulantzas. O artigo defende que, ao contrário do que sugere Poulantzas, a introdução do conceito de “elite” no interior do marxismo teórico pode ser produtivo para o desenvolvimento dessa perspectiva de análise social, tornando a abordagem classista da política operacionalizável cientificamente.

Palavras-chave: marxismo; teoria das elites; teoria social; Nicos Poulantzas; análise de classe.

Abstract
The purpose of this article is to contrapose the propositions on power, class and political domination presented by a particular interpretation of Marxism - structuralist Marxism - through a critical dialogue with one of its most paradigmatic authors: Nicos Poulantzas. The article states, against Poulantzas suggestions, that the insertion of the concept of “élite” in theoretical Marxism may produce positive effects on it, specially making the classist analysis of politics scientifically manageable.

Key words: Marxism; Élite theory; Social theory; Nicos Poulantzas; Class analysis.


para ler o texto completo clique aqui. [em breve]
.

Um comentário:

Anônimo disse...

sabia que conhecia a imagem de algum lugar... (um abraço do Bruno.)