artigo recomendado


Sergio Simoni Junior, Rafael Moreira Dardaque, Lucas Malta Mingardi. A elite parlamentar brasileira de 1995 a 2010: até que ponto vai a popularização da classe política? Colombia Internacional, n. 87, p. 109-143, maio-ago. 2016 .
O objetivo deste artigo é debater a tese da popularização do perfil social dos parlamentares brasileiros buscando ressaltar que a literatura, ao ignorar a assimetria de poder institucional entre os legisladores, pode apresentar um viés no seu diagnóstico sobre as características da representação política no Brasil.
__________________________________________________________________________________

6 de setembro de 2008

Quem governa? Um estudo das elites políticas do Paraná Adriano Codato, Sérgio Braga, Renato Perissinotto, Mario Fuks (orgs.)



Quem governa? é uma sociologia empírica dos agentes sociais que comandam o Poder Executivo, o Poder Legislativo e os principais partidos políticos do Paraná nos anos noventa. Situa-se na contracorrente do movimento teórico dominante. Seu suposto básico é, em poucas palavras, o seguinte: em política, quem decide tem tanta importância quanto a moldura institucional que formata as decisões. Daí não só a necessidade, mas o proveito em traçar um perfil social, profissional e ideológico da elite política e analisar seu comportamento em alguns processos decisórios específicos. [para comprar o livro, clique na capa]

[capa: Milena Codato]



Prefácio
André Marenco dos Santos

Sobre os autores

Apresentação

Introdução: o desenho da pesquisa
Renato Monseff Perissinotto & Adriano Nervo Codato

Nota metodológica
Parte I: O perfil das elites paranaenses

1. Os atributos da elite político-administrativa: uma visão descritiva dos ocupantes dos empregos políticos no Paraná; Adriano Nervo Codato & Julio Cesar Gouvêa

2. O perfil dos parlamentares paranaenses: gênero, religião e classe (1995-2002); Renato Monseff Perissinotto & Luiz Domingos Costa

3. Os atributos da elite partidária do Paraná e sua distribuição no espectro ideológico (1995-2002); Julio Cesar Gouvêa

Parte II: A carreira política das elites paranaenses

4. Vias de acesso a posições de poder: um estudo da trajetória da elite político-administrativa do governo Lerner; Adriano Nervo Codato & Bruna Gisi Martins de Almeida

5. As avenidas do poder: a trajetória política dos deputados estaduais paranaenses (1995-2002);
Luiz Domingos Costa

6. A experiência acumulada: a carreira política da elite partidária do Paraná (1995-2002); Julio Cesar Gouvêa

Parte III: Os valores políticos das elites paranaenses

7. Técnicos de Estado e democracia: os valores políticos da elite político-administrativa paranaense (1995-2002); Bruna Gisi Martins de Almeida & Mariana Bettega Braunert

8. A direita, a esquerda e a democracia: os valores políticos dos parlamentares paranaenses (1995-2002); Renato Monseff Perissinotto & Mariana Bettega Braunert

9. Partido e posição ideológica: os valores políticos da elite partidária paranaense (1995-2002); Mariana Bettega Braunert & Bruna Gisi Martins de Almeida
Parte IV: Estudos de caso - O comportamento da elite parlamentar durante a 14a Legislatura

10. Produção legal e relação entre Executivo e Legislativo no Paraná (1999-2002); Sérgio Soares Braga & Andressa Silvério França

11. Mídia e Legislativo: a cobertura jornalística da Assembléia Legislativa do Paraná (1999-2003); Mario Fuks & Emerson Urizzi Cervi

12. Processo decisório e ampliação do conflito na ALEP: o caso da Copel; Mario Fuks & Emmi Izollan

Conclusão: o perfil da elite e o papel das instituições

Renato Monseff Perissinotto & Adriano Nervo Codato

.

Nenhum comentário: